Blog Tecnológico

Benefícios da avaliação e as diversas formas de aplicação

Veruska Marques • 25 jul 2018

A avaliação é um instrumento que temos a crença de ser utilizado para classificação, rótulo, punição por algo que deveríamos e não fizemos, ou não aprendemos. De qualquer forma, avaliação é uma palavra “assustadora” e que durante muito tempo foi utilizada para punir ou expor.

Mas como tudo tem seu tempo, vou parafrasear Mário Sérgio Cortella, onde ele discute os hábitos arcaicos e os hábitos tradicionais na educação. E se entendi bem, digamos que têm algumas coisas que estão no passado que manter hoje em dia faz todo o sentido, e neste caso chamamos de “tradição”.

Metodos de Avaliação

O ato de aprender em conjunto é uma tradição. Um ensinar ao outro, tudo bem que o saber não é restrito ao professor, mas tê-lo como um orientador, é uma tradição. Tradição ainda é ter aqueles alunos vivendo em grupo na hora do intervalo, em momentos mais lúdicos, onde aprendem valores de convivência na sociedade.

Agora, há alguns métodos que podemos considerar totalmente “arcaicos”, e entre muitos gostaria de focar nas formas de avaliação e nos seus objetivos. Formas de avaliar, objetivos de avaliação e o medo que causam em quem as precisam encarar, será a discussão do momento.

Metodos de avaliação

Há diversas pessoas e diversas formas de aprendizagem para cada uma delas, podendo a pessoa aprender de formas visuais, auditivas, cinestésica ou por leitura e escrita. Um aluno auditivo por exemplo, que aprende ouvindo, falando e discutindo assuntos, e tem que responder uma avaliação com longos textos e totalmente dissertativa, aquela mais tradicional possível.

Agora, se você for um aluno visual, e tem que fazer uma apresentação oral, com puro foco em convencimento sem a chance de um papel para desenhar um gráfico ou fazer alguma observação a mais. Difícil né? Então, a questão que quero levantar, é que há avaliações muito arcaicas ainda, mesmo com o tanto de ferramenta que temos à nossa disposição. Partindo do princípio que, se há estudos defendendo as formas de aprendizado, podemos concluir que são formas diferentes de aprender, mas há aprendizado!

Metodos de Avaliação

As instituições de ensino, estão buscando formas de aprimorar a educação, nos mais diversos níveis e cursos.

Algumas escolas utilizando votadores com o programa TurningPoint para realização de avaliações. Esse recurso permite que o docente elabore sua avaliação em PowerPoint, e depois, com um dispositivo em mãos, os alunos assistem a apresentação com as questões e respondendo com os votadores. Clicando na opção desejada, após o término da avaliação, há a possibilidade de uma planilha com dados dos alunos com os votadores correspondentes, entre outras possibilidades.

Muitas instituições ainda permanecem com a tradicional avaliação escrita, sem muitas imagens e/ou complementos, mas há ainda as instituições que trabalham com o Chromebook e com Formulários Google, e mostrou ser uma bela dupla em ação.

Metodo de Avaliação

Sobre o Chromebook, quando ele é adquirido para fins educacionais com licença e tudo mais, ele vem com alguns detalhes muito importantes no uso em sala de aula, como por exemplo um "Single App Kiosk".

Neste método, o provedor de teste cria o exame como um aplicativo quiosque Chrome, e este aplicativo é executado em um exame de tela cheia, em modo bloqueado que permite o travamento de pesquisa Google, entre outras possibilidades, impedindo que durante uma avaliação, o aluno se aventure na internet atrás das respostas corretas.

Geralmente com esse recurso, o professor utiliza o Formulários Google, onde ele pode postar a avaliação no Classroom, o aluno irá acessar pelo Chromebook, com aqueles devidos adendos ditos acima, e depois o divertimento começa, rs. Falei em divertimento, pois o aluno irá ter uma avaliação diferenciada, por exemplo, com imagens, vídeos, escrita, alternativas, lacunas, de uma forma que atinja o maior número de alunos com diferentes tipos de aprendizagem.

Metodos de Avaliação

Entretanto, um recurso fantástico que me chama muita atenção como professora, é a capacidade de fazer uma devolutiva rápida e eficaz para o aluno. Como no exemplo que estou indicando nas imagens, uma questão simples, mas que pode manter ou sanar uma dúvida.

Caso o aluno erre, a resposta é recebida automaticamente ao final do teste, e, para visualizar o seu erro, e se quiser aprender, provavelmente não errará mais. O Google Formulários possui uma ferramenta muito bacana que é a “chave de resposta”, então, durante a elaboração das questões, o professor preenche coloca ali algum material para que o aluno clique sobre ele e assista ou leia sobre determinado assunto, desta forma aprendendo, mesmo que com seu erro.

Na imagem adicionei um vídeo em alta resolução, um vídeo rápido que explica, sem o aluno ter que esperar por dias até uma vista de prova a razão pela qual ele errou aquela resposta. Como também poderia ter adicionado um texto, um gráfico, um link entre as diversas opções.

Metodos de Avaliação

Lembrando ainda que o Google Formulários possui a opção de resposta curta e longa, mas a forma de correção automática é limitada, e na chave de resposta, o professor designará quais as opções ele aceita como correto.

Por exemplo no caso acima, digitei as formas pelo qual eu aceitaria as respostas. E desta forma qualquer outra forma de escrita, mesmo que seja uma forma próxima a correta é considerada pelo programa errada.

Bom, vimos que possibilidades possuem várias, desde possibilidades pagas como o TurningPoint, gratuitas como o Google Formulários, entre outras que não abordei.

O importante é fugirmos do velho tradicional e arcaico e investir na tradição com toques de modernidade, lembrando que o conhecimento que adquirimos ajudará bastante a investir na educação e sanar algumas dificuldades, como por exemplo a realização de uma simples e competente avaliação!

Veruska Marques

Mestre em biologia pela FMVZ-USP, pós-graduada em psicopedagogia e didática do ensino médio e coach pela SBCoaching, especialista em capacitações e treinamentos em tecnologias educacionais e em projetos para a apropriação da tecnologia em sala de aula das diversas disciplinas, com mais de 6000 horas de experiência. É consultora credenciada na ENG.

CONTATO