Blog Tecnológico

Impressões 3D

Veruska Marques • 18 jul 2018

A história das impressoras têm início em 1938, o americano Chester Carlson desenvolveu o processo de reprodução de imagens e textos, mas ainda com baixa qualidade e com bastante impacto no processo de impressão. O que agradecemos pela invenção e que podemos concordar, revolucionou nossos mercados, em diversas áreas, incluindo a educação.

Impressão 3D

Avaliações, relatórios, trabalhos, realizados tanto por professores como pelos alunos, têm hoje em dia, um aspecto muito mais profissional. No mercado temos uma gama de modelos, tamanhos e funcionalidades, e com os mais diversos preços.

Um desses avanços tecnológicos, nos trouxe a possibilidade de imprimirmos, não apenas em papéis, mas objetos, em 3 dimensões.

Impressão 3D

Chuck Hull, inventou a primeira impressora 3D em meados dos anos 80, sim, anos 80! Esta tecnologia está entre nós em processo de aprimoramento, desde aproximadamente 1984, mas as impressões nessa época ainda, eram muito lentas, chegando a precisar de semanas para que uma peça pudesse ficar pronta, e mesmo assim, com alguns defeitos.

Desse período para cá, muita coisa mudou, tanto a velocidade da impressão, como comentamos anteriormente, o preço do equipamento em si acabou se modificando e ficando muito mais acessível. Fator que foi influenciado, devido aos diversos usos e possibilidades que foram surgindo durante o avanço dessa tecnologia.

Hoje já possuímos a facilidade de imprimir as mais diversas peças, para o ensino e educação, em muitos países da europa entre outros, essa tecnologia já está inserida no contexto escolar. Em hospitais, a utilização da impressora 3D vai além da impressão de próteses para o corpo humano, é um recurso muito importante no estudo de cirurgias com grande perigo ao paciente, em que a impressão é utilizada para testes que não seria possível e nem tão seguro sem a utilização deste equipamento.

Impressão 3D

Além da saúde, temos as mais diversas áreas de atuação sendo beneficiadas pelo uso da tecnologia das impressoras 3D.
Na educação, há várias discussões sobre as mais diversas formas de aprendizado, e hoje em dia está sendo muito incentivada a formação que vai além da profissão, aquela educação em que forma-se o aluno para a sociedade, para a vida, e esses recursos podem e irão contribuir muito para o aprimoramento e desenvolvimento em salas de aula.

O uso nas mais diversas disciplinas, pode atingir a impressão de artefatos em história para uma aula de fósseis, em que os alunos poderiam vasculhar os diversos tipos de solos e cavar até achar o fóssil ou outra peça relacionada ao estudo.

As aulas de biologia, podem ser muito mais elucidativas, por exemplo com a impressão dos órgãos e na montagem dos seus diversos sistemas, no esclarecimento sobre as articulações e suas especificidades. Nos cursos profissionalizantes, poderá ser utilizada para desenvolvimento de maquetes e peças para um aproveitamento maior na hora do conhecimento dos detalhes. Enfim, uma gigantesca gama de possibilidades, tanto para o ensino convencional, como para o ensino profissionalizante.

A impressora 3D possui uma tecnologia que facilita o seu uso, além das possibilidades de emprego que ela permite. Por exemplo, uma impressora pode ser manipulada a distância via web, não precisamos necessariamente estar no mesmo local que ela, recurso muito usado principalmente para conferir a evolução da impressão, já que hoje em dia ela não leva semanas para ficar pronta, como comentado anteriormente, mas existem algumas peças que podem ser bastante demoradas, como algumas horas para seu término.

Com esse recurso, podemos acompanhar a evolução da impressão facilmente por um aplicativo. Outra funcionalidade que particularmente me chama muita atenção, é a possibilidade de imprimir peças articuláveis, sem parar a impressão, sendo realizada apenas com um comando, e pronto, peças articuladas prontinhas e sem trabalho.

Impressora 3D

Nas diversas áreas dos diversos estudos, incluindo de medicina, o contato desses futuros profissionais a esta tecnologia é enriquecedora, e pode ajudar no desenvolvimento intelectual e na criatividade, mesmo ainda tendo uma grande distância entre hoje e a popularização do equipamento, tal qual uma impressora como as que temos em casa, mas que é um belo investimento, é com certeza um belíssimo investimento! ;)

Veruska Marques

Mestre em biologia pela FMVZ-USP, pós-graduada em psicopedagogia e didática do ensino médio e coach pela SBCoaching, especialista em capacitações e treinamentos em tecnologias educacionais e em projetos para a apropriação da tecnologia em sala de aula das diversas disciplinas, com mais de 6000 horas de experiência. É consultora credenciada na ENG.

CONTATO